Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                                  
Epílogo

Perdão meu amor, mas eu sou como sou.

Sou uma mulher que por mais que te ame e seja feliz com

você, escreverá hoje o epílogo da nossa breve

mas intensa história de amor...

Não sei como ou em que momento aconteceu,

mas a verdade é que perdemos a nossa essência.

Exageramos, erramos a mão, a dose e fizemos isso de tal

maneira que eu já não sei mais dizer onde começa eu e

termina você...

Como num pacto de sangue, nós misturamos nossas vidas!

Passamos a viver um em função do outro...

Nada mais importava... Juntos o mundo nos pertencia!

Amor, paixão e desejo sempre a nos conduzir e dominar...

Como fomos ingênuos e cegos meu doce amor!

Não percebemos que os sentimentos vividos a exaustão,

acabariam por nos consumir...

Queríamos tanto viver esse amor! Precisávamos tanto dele,

que abrimos mão de sermos nós mesmos...

Tanto e tanto que me faz lembrar a conhecida história de um

casal de apaixonados que nada tendo para oferecer um ao

outro, como presente de natal, decidiu vender a única

coisa que possuíam de valor: Ele um antigo relógio de bolso

e ela seus longos cabelos...

E quando ela ofereceu a seu amado a linda corrente para o

relógio, descobriu que ele já não o possuia...

Ele, ao entregar-lhe o pente ricamente ornamentado para

os belos e longos cabelos, viu que ela agora os tinha

bem curtos...

Sem perceber nós também nos desfizemos de tudo!

De tudo aquilo que nos tornava Eu e Você...

Sei que lutamos tanto para tornar esse sonho possível!

E é por isso que peço perdão meu grande amor!

Perdão, mas eu sinto falta dos “meus cabelos”

E o meu coração dói demais ao vê-lo assim,

sem o “seu relógio de bolso”

Sei que muitos dirão: Amar é isso!

É enlouquecer, é fundir-se ao outro!

Mas também sei que alguns saberão entender.

Que antes de sonhar em ser “Nós”

Precisamos aprender a ser “Eu e Você”



*Inspirado num antigo conto que eu li...
Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 11/12/2005
Reeditado em 30/04/2013
Código do texto: T84461
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164704 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:58)
Carinhosa