Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACENDE A LUZ DO TEU LAMPIÃO


Erque-te da escuridão em que te encontras, dileto amigo,
Acendendo a luz de teu velho e precioso lampião,
Tu que és, em essência, um corpo lucífero no firmamento,
A repelir as trevas, na busca permanente da luz.

Infunde em tua consciência corretas fagulhas de luz,
Despertando, de vez, ilusões em ti adormecidas,
Aprimorando-te pelas virtudes , externamente embaciadas,
Para alçar vôos sublimes nas mais supremas alturas.

Ante os olhos dos homens, que a tua luz brilhe eternamente,
Mantendo sempre, vivos e em vigor, o azeite e o pavio do lampião,
Trazendo nele ardente a centelha da alma, que é divina,
E descortinando a vida do espírito sobre a fugaz matéria.
Jorge Saraiva Anastácio
Enviado por Jorge Saraiva Anastácio em 24/01/2006
Código do texto: T103281
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Saraiva Anastácio
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 82 anos
15 textos (646 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:07)
Jorge Saraiva Anastácio