Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Milagres...

Se cada manhã nasce para clarear
Se cada chuva vem para limpar
Se cada anoitecer me traz o pensar
Se cada letra para formar o poetar

Se vivo é porque Deus fez o ar
Se vivo é para algo acrescentar
Se vivo é porque decidi lutar
Se vivo é porque voltei a amar

Se o sorriso contagia aquele que vê
Se o choro cala a dor de morrer
Se a incerteza agoniza por não saber
Se a verdade faz a vida crescer

Quantas incontáveis vezes
Quantas dores e alegrias
Quantas derrotas e vitórias
Quantas mentiras e verdades

O que pode então estancar...?
O sangue que escorre das decepções
Do que era apenas ilusões
De doar-se a tantos corações !

Retroceder não mais será
Avante sempre quero caminhar
As feridas nos faz crescer
Entre lágrimas aprender

Do passado ao presente
Contos surpreendentes a luz do poente
Choros e sorrisos a cada nascente
É a queda livre da gente

E despencando do mais alto monte
Vejo lá de cima os abraços dados
Ficando para trás sonhos amontoados
Pela vida nos percalços sufocados

Só um milagre pode mudar
Só um milagre pode renovar
Feridas que te fazem chorar
Só um milagre te faz novamente sonhar !

Milagres...milagres...eles acontecem !

17/10/2006
Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 17/10/2006
Reeditado em 22/10/2006
Código do texto: T266835
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
102 textos (15464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:31)
Paula de Lima