Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu despertar...

Quero no que vejo acreditar!
Agora sim, vislumbro um mar...
Na figura de um anjo
Com suas asas a me abraçar

Feliz, se põe a me amparar.
As minhas lágrimas enxugar,
As minhas dores apaziguar,
E a meu futuro enfrentar

Agora, a visão finalmente se me aclara.
Passado e presente finalmente se deparam
Não o vejo a me julgar
Mas sim, ao meu pranto enxugar.

Leve-me contigo, meu amigo;
Empreste-me o teu ombro
Envolva-me em tua luz
Já sinto mais leve a minha cruz

Lentamente...
Acordei,
Despertei,
Senti...
Revivi!

Creiam Nele, que tudo pode
Peçam com fervor em Seu nome
Dirijam a súplica
Pois quando a hora chegar
Misericórdia não há de lhe faltar.
Arquimedes
Enviado por Arquimedes em 24/10/2006
Código do texto: T272500
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arquimedes
Conselheiro Lafaiete - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
10 textos (276 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 23:56)
Arquimedes