Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio



Silêncio
Para ouvir o canto dos pássaros,
O zumbir das abelhas,
A velocidade de um carro;
O eu te amo de alguém.

Silêncio
Para ver a criança que chora;
O mendigo que esmola,
A flor que desabrocha,
O dia que nasce dentro de mim.

Silêncio
Para sentir o cheiro da manhã de inverno,
Do arroz cozinhando,
Da roseira florindo,
Do perfume da inocência.

Silêncio
Para degustar o pêssego da juventude,
O morango da puberdade,
A maçã da maturidade,
O caqui da velha infância.

Silêncio
Para tocar a face da borboleta,
A leveza do vento,
A eternidade do azul.
A alma de alguém que se ama.

Colibri
Enviado por Colibri em 04/11/2006
Código do texto: T281675
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Colibri
Sete Lagoas - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
21 textos (1050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:48)