Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO HÁ BELEZA, HÁ LUZ




Se meus olhos abrem-se ao alvor da aurora
Há uma luz esplendorosa que os fazem doer
Mas é dor de felicidade por ver beleza
Como é bom estar vivo e dar importância ao ar,
Saber assobiar aquela canção de ninar maternal
Sentar numa mesa e abrir o jornal,tão pouco
Mas há beleza nestas pequenas coisas, há luz
Nos olhos daqueles que vêem a verdade pela
Primeira vez.naqueles que sentem amor e paz
Até no rapaz que conquistou sua guria e vibra
Há beleza no beijo roubado de primeiro namorado
Há luz nas estrelas que cintilam seu brilho,
No trilho do caminhante esquecido, mas não perdido
Há beleza, há luz, há gente que ama e que vive
Mas quem sobrevive, ainda assim pode ser
Que ache um caminho melhor, [com mais luz ao redor]
Que assim seja a todo viajor, que tenha a luz
Da estrela guia e de Jesus a beleza do amor.
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 11/07/2005
Código do texto: T33099

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916721 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:33)
Denise Severgnini