Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A grande viagem!


Certa vez tive um sonho. Sonhei que estava andando na areia da praia acompanhado do senhor. Com ele caminhei  por varias horas olhando a imensidão do mar e suas lindas paisagens. Fui convidado a partir pra outros rumos, que fiz sem questionar! Seu olhar me passava tranqüilidade e a tua presença me dava paz e confiança. Caminhamos por uma estreita estrada de terra e à medida que passávamos, a paisagem ia se modificando. Até o momento me mantive calado, só observando tudo com certa curiosidade, afinal nunca tinha estado lá nem visto nada igual. Não teria palavras que descrevesse o que estava vendo e sentindo, más o lugar estava na penumbra e dava até para ouvir pequenos grupos conversando e também algumas pessoas em sofrimentos, no auge de suas dores. Notei que ninguém nos via ou não nos percebia por estarem cada um com seus problemas. Em certo ponto da nossa longa caminhada paramos. Ousei perguntar: Senhor! Onde estamos? Filho querido! Estamos além do cativeiro terrestre. Estamos no ponto mais alto do mundo invisível dos encarnados. Onde o sofrimento, a dor e a revolta abita entre os seres. Após uma pausa, Jesus continuou com sua voz suave e delicada. Filho meu! Lembras quando falei "A muitas moradas na casa do meu pai"? Pois é! Esta parece ser a maior moradia... Continuemos. O lugar era de difícil acesso. Fileiras de água corriam pelo córrego um tanto barrenta. A vegetação era pouca e o que mais me chamou atenção era o número de irmãos em sofrimento. Senti-me aliviado quando ele me convidou com seus olhos a seguir a diante. Passei por uma ligeira madorna onde sem saber como, estava sentado em uma cadeira confortável em um lugar muito agradável. Olhei tudo em volta e vi que estava cercado de convalescentes. Após minutos fui convidado a seguir para mais um passeio, o que fiz com muito prazer. O jardim era lindo! Acompanhado de lindas flores de aroma agradável. O ar parecia mais leve e todos pareciam estar bastante ocupados. Eram torres imensas que cercavam o lugar de forma não poderia ver onde elas  acabavam. Na segunda ala, estavam as enfermarias onde todos os leitos estavam ocupados. Passei por outro pavilhão onde estava instalada a biblioteca com literaturas diversas... Fiquei encantado e maravilhado com tudo que estava a presenciar. Jesus parou e disse: Este lugar que nos estamos é o lar do saber! Onde se encontra pessoas em recuperação e que fizeram jus de uma vida harmoniosa. Continuou a me elucidar; Assim como na terra, reservam-se lugares harmoniosos para uns e infelizmente lugares temerosos e infelizes para outros. Parei e refletir: Realmente estava desfrutando de um belo passeio e de muitos ensinamentos. Pude notar que algo estava errado na minha vida e que estava tendo a oportunidade de reverter tudo isso. Neste momento, pude analisar com mais calma  o meu cicerone. Estatura mediana, cabelos baixos ondulados, sorriso largo e encantador. Realmente fiquei confuso por instantes! Se não era Jesus estava diante de um dos seus representantes. Olhei-me comovido para ele e com lágrimas nos olhos só conseguir dizer obrigado. Passei por outra madorna e quando abrir os olhos estava no leito do meu lar. Agradeci a DEUS pela oportunidade de enxergar e conhecer os dois mundos e poder ter a benção de uma nova vida.
Luciano Ricardo
Enviado por Luciano Ricardo em 30/08/2007
Código do texto: T630998

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Ricardo
Salvador - Bahia - Brasil, 42 anos
81 textos (51584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:22)
Luciano Ricardo