Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Túmulo


Eu não quero mais saber de nomes
Só quero olhar pra você e gostar
Gostar do seu sorriso e por sua alegria
Ser recebido, mesmo sem lembrar do nome
Que já tenho esquecido.
Eu não quero mais saber de nomes:
Manoel, José, João ou Maria.
Eu só quero saber que ainda existe em você
A síntese da alegria que eu sinto ao revê-lo
Nos poucos e parcos dias da nossa vida.
Que podemos carregá-la
Sem as amarras dos nomes
Que nos identifica pra nada.
Família de quem, pra quê, porquê?
É por isso que não quero saber do teu nome
Quero gostar muito mais do homem
Do que do nome.
Quero me lembrar, falar da história, mas
Que eu possa evitar o dar nome
Para que todos percebam
Que não estão sós na construção do mundo.
Mundo que ninguém sabe o nome
Para onde os homens regressam
Em um encontro perene e misterioso
Onde desse sabemos o nome: Túmulo.

Vicente Freire – 02/04/2006.
Vicente Freire
Enviado por Vicente Freire em 18/10/2007
Código do texto: T700355

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vicente Freire
Belford Roxo - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
280 textos (22902 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:56)
Vicente Freire