Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Deus

No crucifixo padeceu,
Banhado no sangue judeu
Do povo que o prendeu.

Sofredor até ao fim,
Bebeu de um ódio ímpio...
Apesar de omnipresente,
Judas não foi condescendente
E, assim. morreu o olímpio,
O Deus omnipotente!

Os sacrifícios a que se submeteu
Ilustram a história sagrada
Da Bíblia que alguém escreveu,
E que ao mundo contou
Com a memória reavivada,
Da pobreza que sempre o acompanhou...

A sua riqueza,
Era e aind aé
A força da irmandade!
Não é o poder de divindade
Que o mantém em pé;
É a ressurreição que o manteve
Nas palhas da felicidade,
E a injustiça que o deteve
Sentenciou-lhe a liberdade.
artescrita
Enviado por artescrita em 22/11/2005
Código do texto: T74932
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
artescrita
Portugal, 33 anos
107 textos (4742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:01)