Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A máscara sagrada

Na cruz vimo-lo padecer
Tão grande é a sua bondade.
Por nós, foi capaz de morrer
E levou consigo toda a verdade.

A verdade de quem sofreu
Pelos erros do Ser Humano,
Esse Ser que até hoje não percebeu
Como separar o sagrado do profano!

Surge assim a necessidade
De os dissociar;
Tal como o bom
Do mau pescador,
Não é preciso que saiba pescar,
Mas que perceba se o mar corre a seu favor.

Deus é aquele que nos conduz
E nos leva a bom porto;
É apaziguante o seu olhar
Quando em nós produz
A forte vontade de ofertar.

O seu rosto está escondido
Pela máscara que é a felicidade;
É todo ele o nosso abrigo
Nos momentos de infelicidade!
artescrita
Enviado por artescrita em 22/11/2005
Código do texto: T74996
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
artescrita
Portugal, 33 anos
107 textos (4742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:55)