Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Timor Leste

Até quando, Senhor ?

Vejo homens,
Mulheres,
Crianças,
Órfãos.

Vejo vida,
Morte,
Esperança.

Vejo olhos,
Esperança,
Amor.

Vejo sonhos desfeitos,
Amores perfeitos,
Com um corte final.

Vidas, meu Deus... Vidas !!!
Idas em guerra sem glória,
Guerra de sangue, guerras humanas,
Por almas eternas
De homens...
de homens !!!

Interesses,
Fogo,
Glória,
Ego...
Desgraça !!!

Batalha cerrada !
Sede de sangue,
de morte,
de almas .....

Seu cheiro fede !
Trás repulsa,
Trás a morte eterna.

Eles oraram...
Para que uma geração se levantasse,
Se despertasse,
abandonasse o eu, o meu,
Por amor.

Seus filhos clamam
por vingança,
Vingança Divina
que depende da minha disposição...

Mas eu,
Covarde !!!
Presa em meu egoísmo,
Me sinto bem...
E apática, contemplo
A morte de um povo,
De uma nação que não viu a Glória
Da presença que preenche a vida...

Eles oraram por isso
Talvez no último suspiro
Antes de se encontrarem com Deus.
E meus filhos, Senhor ?
Perguntaram na dor
E meus filhos, Senhor ?

Quem irá ?
Até quando ?
Até quando ???

Oh, Deus...
Sinto-me pequena
Sinto-me nada
Sinto-me ingrata a ti
Realmente, não merecia a cruz...

Sua dor é imensa...
Dá-me Teu coração, pai !!!
Leva-me aos teus lugares secretos.
Mas que eu não me encontre de mãos vazias...
Oh, Deus !!!
Talvez, sentindo a tua dor, a dor do teu coração,
Me desperte !!!

Ajuda-me a levá-los
A sombra de tuas asas, senhor !
Dai-me pai a tua ousadia
Para sair de meu eu,
levantar de meu comodismo !!!
Desperta em mim, Senhor
A chama do teu coração
Quero viver a essência...
Quero ser como tu és...
Ter os teu olhos de amor.

Quero viver para ti, oh pai...
Quero cantar-te louvores entre as nações.

Quero anunciar as boas novas,
Ao povo sofrido.
Ao povo que tocou o abismo.

Quero tirá-los de lá
Dar colo à criança inocente
Que paga por pecados de morte,
Pecados de uma nação.

Quero refrescar as almas
Com o teu rio, Senhor...
Quero banhá-los no teu amor,
Pai...

Quero abençoar teu coração...
Sonda, Senhor
O coração deste povo !!!

Envia-me, pai
A cuidar de pessoas
Necessitadas de ti !!!

Pessoas que sofrem caídas...
Envia-me como enviaste ao samaritano
Àquela estrada, Deus...

Não me faça indiferente,
Não me faça pedra.
Quero ser carne, Senhor !!!
Quero ser alma
Que grita por um povo
Que clama a ti por uma nação
Que clama a ti por vidas...

" E quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que deram. E clamaram com grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano, santo e verdadeiro, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? E foram dadas a cada um deles compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda por um pouco de tempo, até que se completasse o número de seus conservos, que haviam de ser mortos, como também eles o foram. - Apoc.6:9-11"



Ainda um pouco de tempo, e o que há de vir virá, e não tardará...


O deserto e a terra sedenta se regozijarão; e o ermo exultará e florescerá; como o narciso florescerá abundantemente, e também exultará de júbilo e romperá em cânticos; dar-se-lhe-á a glória do Líbano, a excelência do Carmelo e Sarom; TIMOR verá a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus !!!
Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes... Dizei aos turbados de coração: Sede fortes, não temais; eis o vosso Deus !!! com vingança virá, sim com a recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará !!!
Então os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se desimpedirão. Então o coxo saltará como o cervo, e a língua do mudo cantará de alegria; porque águas arrebentarão no deserto e ribeiros no ermo. E a miragem tornar-se-á em lago, e a terra sedenta em mananciais de águas; e nas habitações em que jaziam os chacais haverá erva com canas e juncos. E ali haverá uma estrada, um caminho que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para os remidos. Os caminhantes, até mesmo os loucos, nele não errarão. Ali não haverá leão, nem animal feroz subirá por ele, nem se achará nele; mas os redimidos andarão por ele.
E os resgatados do Senhor voltarão; e virão a TIMOR com júbilo, e alegria eterna haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, e deles fugirá a tristeza e o gemido. - Isaías 35

Diga Timor :
O TEU DEUS REINA !!!

Ele se levantará por sobre a Terra
Para julgá-la !!!

Eis aí os meus atalaias
Que proclamarão sobre os montes
O tempo aceitável do senhor
Quebrarão as maldições lançadas sobre a terra
E a terra frutificará
E saberão que EU sou Deus !!!

E então...
Virá o fim !

(10.06.2004)
Sheila Campos
Enviado por Sheila Campos em 01/04/2006
Código do texto: T132313
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sheila Campos
Taubaté - São Paulo - Brasil, 39 anos
19 textos (2674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:46)
Sheila Campos