Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quebre o vaso



Quebre o vaso

Quando as feridas não curam,
Os prantos não secam ou murcham,
Os caminhos chegam ao fim,
Soluços seguem no crepúsculo,

A Infâmia perde a vergonha,
Arrogância perde o orgulho,
Onde os bens não mais valem nada,
Tudo se finda na estrada,

Chega à hora de quebrar o vaso,
Onde não pode existir mais...
É preciso só nos podemos fazer,
Para que alguma coisa possa acontecer...

Quando o vaso é despedaçado,
O perfume é derramado,
As lagrimas são enxugadas,
O caminho é encontrado,
E as feridas são curadas.

http://www.clesio.net/midis/sugestoes_1/what_god_is.mid
http://www.paralerepensar.com.br/carlosdonizeti.htm

 

 


Comendador Carlos Donizeti
Enviado por Comendador Carlos Donizeti em 31/07/2006
Código do texto: T206295
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Comendador Carlos Donizeti
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 58 anos
135 textos (4269 leituras)
12 áudios (448 audições)
6 e-livros (568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:27)
Comendador Carlos Donizeti