Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No Tribunal

Sertamente ele tomou sobre sí as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si...
Ele foi traspassado pelas nossas trangressões; e muido pelas nossas iniquidades...
O castigo que nos traz a paz estava sobre ele...
e pelas suas pisaduras fomos sarados...   (Izaias 53:3-7).


...........................................................




Quem era eu...?
O que eu fiz...?
À morte fui condenado.
Pois a vida já não me quiz...

Abriu-se o livro...
Meu livro da acusação.
Lá estava registrado
meu pecado;
minha trangressão.

No tribunal achava-me eu,
condenado a perecer!
Pois contra mim levantavan-se todos
até meu próprio ser...

À morte fui condenado
sem esperança de viver.
Quem poderia me salvar...
da culpa, da dor
e de todo meu sofrer...?

No meu rosto,
a lágrima rolava.
Quando no corredor da morte...
lentamente caminhava.

De repente,
...
alguém de mim se aproximou
e minhas lágrimas pô-se a enxugar.
E perante o universo todo
minha culpa decidio levar...

Quem era esse ser que muito me amava,
atônito me perguntei...
percebi então que era Jesus,
quem eu tanto desprezei.

Quem poderia explicar
grande prova de amor,
que menmo tendo eu O rejeitado
Deu a vida em meu favor...

Do erro e da morte,
a mim decidiu livrar.
Recebendo minha dor,
por amor...
Deu a vida em meu lugar...
Hérlon HR
Enviado por Hérlon HR em 17/08/2006
Código do texto: T218832
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hérlon HR
Mãe do Rio - Pará - Brasil, 27 anos
15 textos (857 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:54)
Hérlon HR