Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA VIDA ESTÁ EM TUAS MÃOS - CLAMOR DOS CONDENADOS.

‘’E tudo que ligares na terra será ligado no céu, e o que desligares na terra será desligado no ceu’’
Mateus 16:19

Oi, tu me conheces?
Não?
Sim. Tu me conheces.
Eu sou o oposto de ti.
Eu sou o que tu já foste e nunca mais serás.
Mas posso ser o que tu és...
Se tu quiseres é claro.
E fizeres o que é necessário para isso acontecer.

Ouvi dizer que tu és muito rico.
Que este mundo todo é teu.
Até todo o Universo te pertence.
Eu...eu não tenho nada, nada mesmo!
Enquanto tu tens saúde e remédio,
Eu tenho uma doença incurável e mortal.
Enquanto tu tens liberdade,
Eu estou acorrentado.
Enquanto tens livre arbítrio para escolher
Eu sou obrigado a fazer o que não quero e não posso.
Enquanto tens um Pai que cuida de ti,
Eu estou dominado pelo meu sequestrador.
Enquanto tu tens certeza e esperança,
Eu tenho pânico e desespero.
Enquanto tu vives em família,
Eu estou só.
Enquanto tu cresces e és educado por teu Pai,
Eu sou raquítico, subnutrido e ignorante.
Enquanto o Amor te cerca,
Me assalta o ódio.
Enquanto cantas louvores,
Eu grito horrores.
Enquanto oras,
Eu maldigo e amaldiçôo.
Enquanto te alegras,
Eu me desfaço em tristeza.
Enquanto tens uma herança reservada para ti,
Eu, tenho a condenação.
Enquanto te enches de bênçãos,
Eu me encho de álcool, drogas, angústias sem fim.
Enquanto tens uma boa família,
A minha está destruída.
Enquanto constroes uma vida melhor,
A minha está em ruínas.
E quando  morreres, tu terás o céu,
Mas, para mim, está reservado o inferno.

Que engraçado né?
Tu tens tudo o que eu queria ter.
Tu és tudo o que eu queria ser.
Tens mais do que precisas,
Pois teu Pai é dono de tudo.
Mas tu não eras igual a mim?
Como conseguiste ficar assim?
Ah, sim! Alguém repartiu contigo
O que ele tinha.
Ele te mostrou o segredo para te tornares filho de Deus.
Te deu a chance que tu precisavas.

Agora tu não és mais igual a mim.
Mas eu quero ser igual a ti.
E só tu podes me ajudar.

Olhe para mim.

A minha vida está em tuas mãos.

Ouça os meus gritos.
Me socorre.
Só tu podes me salvar.
Em tuas mãos esta a caixa bendita
Cheia de tudo o que eu preciso.
Em tuas mãos está a chave
Que abre a porta dos céus.
Em tuas mãos está o poder da vida e da morte.

Olha para mim... E corra por favor!
Abra logo esta porta para que eu possa entrar.
Abra logo esta caixa para que eu possa ser curado,
liberto, transformado, feliz...
Em tuas está a minha oportunidade
De viver.
Depressa,
Porque amanhã pode ser tarde demais.

Me fala do Evangelho.
Me fala de Jesus.
Me fala da Salvação.

Ouça os meus gritos.
Olha para mim.
Estende-me tuas mãos.
Dá-me a chance
De ser o que tu és.
E de um dia,
Poder ir para onde tu vais.

Agora tu já sabes quem eu sou?
Tu me conheces muito bem.
Eu sou teu irmão e irmã, teu pai e mãe,
teu primo e prima, teu tio e tia,
teus amigos, vizinhos e colegas...
Eu sou toda a humanidade que grita por ajuda.
Pelo Cristo que vive em ti.

Tu és filho de Deus,
Porque pediste em choro profundo e arrependido,
confessando e crendo...
E Jesus te salvou e te fez o que és.
Mas isso só aconteceu porque um dia,
Alguém te deu uma chance para que isso acontecesse.
E eu como vou pedir a Deus,
Se tu não me levas até Ele?
Como vou me arrepender e confessar,
Se tu não me mostras os meus pecados?
Como vou crer,
Se não me falas o que Jesus fez por mim?

Ninguém pode dar o que não possui.
Tu tens Jesus.
Tu tens a Salvação.
Por isso tu podes me salvar
Ou me condenar.
Tu podes mostrar-me o caminho para o céu,
Ou fechá-lo e deixar-me ir para o inferno.
Tu podes dar-me a oportunidade
De transformar toda a minha vida para melhor,
Ou deixar que eu duplique os males que já tenho.
Tu podes oportunizar
Que eu concerte toda a minha vida aqui,
E ainda possa ter a eternidade com Deus, com Jesus,
Com os que eu amo, contigo...
Ou podes deixar-me como estou,
E observar a ruína de minha vida e dos que me rodeiam.
E ainda ir passar a eternidade sem Deus, sem Jesus,
E com aqueles que rejeitaram a chance que tiveram...
Ou quem sabe...
Que não tiveram a chance que precisavam.

Minha vida está em tuas mãos.

Ouça meus gritos .

Olhe para mim...

Abra tuas mãos.

Me salva...

A...  minha vida... está... em tuas mãos.
SAL e LUZ
Enviado por SAL e LUZ em 21/08/2006
Código do texto: T222219
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SAL e LUZ
Torres - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
12 textos (873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:22)