Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A dor de um pai, que perde o seu filho.



Não, não pode ser!
Quantas vezes meu filho,
Tu dentre aos filhos meus
Membro da minha família,
Ouvias a Palavra de Deus,
Em culto doméstico.
Mas em um dia como em uma novela
Escrita por um dramaturgo irônico,
`a rebeldia se entregou.
Você cresceu e conheceram, o sexo, as drogas e desconheceste a Cristo,
Não era mais uma Igreja, e sim, um grande apostata,
Perdeste a sua salvação.
Hoje o teu corpo em meus braços,
Banhado num sangue rubro,
Mais rubro e real do que o sangue virtual de seus jogos virtuais.
Douglas Stemback
Enviado por Douglas Stemback em 30/09/2005
Código do texto: T55097
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Stemback
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
49 textos (30666 leituras)
2 e-livros (136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:44)
Douglas Stemback