Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Ancora

A ÂNCORA

Roda o ponteiro do relógio,
Passa dia, passa noite,
Roda a terra, roda a vida,
Corre o tempo, corre o vento,
Corre o rio para o mar,
Roda mês, roda ano, roda plano,
Rodar, correr, morrer e passar.
A pele fina, fraca e enrugada,
Os pêlos poucos e brancos;
É o corpo que o tempo devora.
Sofreu muitos trancos.
Mas a alma firme e ancorada,
Ela não passa, não corre,
Não roda, não morre;
Firmada está na Rocha amada;
O Pendão da Eternidade arvora.



Planaltina, D. F. 20\06\1998

S. A. Oliveira
gentil
Enviado por gentil em 30/09/2007
Código do texto: T674878

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Apenas reconhecer de forma pública a autoria.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gentil
Planaltina - Distrito Federal - Brasil, 80 anos
25 textos (2072 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:40)
gentil