Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a pecadora que ungiu os pés de Jesus

Estou extremamente angustiada,

Em meu tonel parece não ter luz,

Mas nesses dias da semana passada

Ouvi falar de um homem por nome de Jesus.

Disse-me um alguém: “é amigo de pecadores”

Para Ele não há cansaço,

Sempre juntos de seus discípulos pescadores,

Ensinando: “faça o que eu faço”

 

Nunca, antes, o havia visto,

E no meu coração a sede me apertava,

Porém eu Cri que Ele é o Cristo,

Aquele que Israel esperava...

Minha vida era uma nódoa escura,

E minhas vista estava coberta pelo o pecado,

Senti em mim que a vida é dura,

E o meu espírito longe de Deus, afastado.

 

Entretanto, não sei porque (e muito importa);

Senti ao longe a me chamar,

Dizendo: “(estou aqui bato a porta)”.

Quero agora teus pecados perdoar.

Sem hesitação, porém levantei-me,

E fui me informar, onde eu poderia o encontrar,

Alguém poderia dizer-me?

Até que um dentre eles pode me falar:

“O Mestre esta numa luxuosa residência”,

Na casa do rabino por nome de Simão,

Homem de muita ciência e,

Muita oração “”.

 

Entrando na casa em que jazia,

Aos teus pés me ajoelhei,

Ao homem em que ali eu via,

Em choro me esparramei.

 

“Perdoa-me oh meu Mestre querido”,

Por esses anos passados,

Por teu coração eu ter ferido,

Com os meus muitos pecados!”“.

Diante de muita resistência,

O Mestre me defendeu:

“Tu ó Simão, homem de experiência”,

Perdoe ao que te ofendeu!”“.

 

Pois os muitos pecados eu perdôo,

Já não levo mais em consideração,

Mais à frente na cruz eu morrerei,

Mas garanto a salvação...

Mas não vai ficar por isto,

Através de minha ressurreição,

Todos hão de ver que Sou o Cristo:

“Vai tua fé te salvou, limpo está teu coração...”.
Kalell
Enviado por Kalell em 22/10/2007
Código do texto: T705049
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kalell
Itapevi - São Paulo - Brasil, 37 anos
29 textos (1300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 07:29)
Kalell