Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Cruenta Cruz

                              A cruenta cruz
                                 I
 Como um malfeitor foi entregue ao mais vil tribunal
 Os açoites rasgaram suas carnes e o seu sangue verteu
 A turba gritava de alegria diante do cenário letal
 Um inocente foi condenado e pelo meu pecado morreu.
         II
 O diplomata lavou suas mãos do sangue deste inocente
 Sua esposa temerosa em sonho tinha sofrido
  O sinédrio reunido comemorava a prisão alegremente
 Somente Jesus sabia que sua missão tinha cumprido
                               III
 A coroa espinhosa nova chagas começou fazer
 O discípulo foi indagado e seu mestre ele negou
 Disse aquele santo homem dele nada saber
 O galo o repreendeu e amargamente ele chorou
                               IV
 Foi uma longa noite de angustia e sofrimento
 Inquirições maldosas tapas no rosto levava
 Somente o amor por nós lhe dava contentamento
 O silencio foi o exemplo que ao mundo ele dava
                                 V
  Por trinta moedas de prata como cordeiro foi vendido
 Cumpriu-se a escritura que ao mundo foi profetizado
 Judas compreendeu que sua salvação havia perdido
 Numa arvore solitária o covarde pereceu enforcado
                                 VI
 A cruz pesada ele levou ao angustiante calvário
 Açoites e impropérios atormentavam nosso Jesus
 Os discípulos choravam diante do triste cenário
 Mas o peso do nosso pecado era que estava naquela cruz.
                                 VII
 Os cravos perfuraram os punhos do salvador bendito
 O ladrão ao lado disse: Senhor de mim no seu reino se lembrarás
 Mesmo com sede e com dor naquela cruz já erguido
 Respondeu com muito amor comigo no céu ainda hoje estarás.
VIII
 Bradou esta tudo consumado meu espírito entrego em tua mão
 Deus amou o mundo de tal maneira que jamais será compreendida
 Entregando seu filho amado pela nossa salvação
 Para nele nós crermos e não perecer mas ter a eterna vida.

                             Artonilson Macedo Bezerra






ARTONILSON MACEDO BEZERRA
Enviado por ARTONILSON MACEDO BEZERRA em 30/10/2007
Código do texto: T716843

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ARTONILSON MACEDO BEZERRA
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
232 textos (25374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 18:56)
ARTONILSON MACEDO BEZERRA