Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As duas sementes

S. A. Oliveira

 

A simples semente

No chão árido caída

Brotou teve saída,

Cresceu simplesmente.

 

A terra onde caiu,

Serviu de suporte,

Passou pela morte,

Logo ressurgiu.

 

Estava guardada

Nela a força, a vida

Que fora contida,

Ora despertada.

 

Poder programado,

Pelo seu criador.

Autor do presente,

Futuro e passado.

 

Criou ramos, vida.

O caule engrossou.

Procelas passou,

E foi escolhida.

 

 

 

 

Por homens cortada,

Os galhos tirados,

Lavraram seus lados

Então foi levada.

 

Lenho mui pesado,

Dividido em dois,

Unidos depois,

Em cruz transformado.

 

Virou maldição,

Tornou-se pecado,

E foi carregado,

Com humilhação.

 

Jesus por amor

Nela sofreu a morte

Sendo a nossa sorte,

Pois, ressuscitou.

gentil
Enviado por gentil em 22/11/2007
Código do texto: T748093

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Apenas reconhecer de forma pública a autoria.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
gentil
Planaltina - Distrito Federal - Brasil, 80 anos
25 textos (2072 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 03:56)
gentil