Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Lenda da mula-sem-cabeça

Lá atrás da igrejinha
no canto do povoado
mora em uma casa estranha,
uma mulher bem bonita
mas que dizem estar vivendo
uma sina esquisita.
Quando chegou o novo padre,
muito sério, bonitão,
a pobre coitada mulher
mesmo tentando o contrário
lhe entregou seu coração!
E como dizem os antigos:
Pra isso não tem salvação,
se apaixonou pelo padre,
vai receber a maldição.
E nas noites de quinta feira
a transformação acontece
e ninguém mais vê a mulher
que logo desaparece,
quem passa em frente a casa
se benze e diz uma prece.
A mula-sem-cabeça galopa
por aí desenfreada
tem no lugar da cabeça,
uma fogueira, a coitada.
Mas existem alguns meios
de por fim a maldição,
alguém lhe retire o cabresto
ou lhe espete no corpo
agulha ou alfinete virgem,
com coragem e determinação.
Uma outra maneira
de acabar com o encantamento
é ser amaldiçoada pelo padre,
autor deste sofrimento.
Depois do encanto desfeito,
o namoro terminado,
não se fala mais no assunto,
pois tudo foi perdoado.
Mas sempre que reza a missa
o padre olha desconfiado,
tentando encontrar a moça
da qual  já foi namorado.








Wanda Campos
Enviado por Wanda Campos em 03/08/2009
Reeditado em 04/09/2011
Código do texto: T1734510
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Campos
Colatina - Espírito Santo - Brasil
71 textos (25737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/14 20:14)
Wanda Campos



Rádio Poética