Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Cachorro Trovão

Os amigos que na infância tive
Posso agora enumerar de cor:

Gina foi uma cachorra esperta
Giramundo, um velho jabuti
Lollobrigida, a tartaruga
Adorava pêra e caqui
Galileu, um galo bom de briga
Acordava só depois das seis
Chicabum, meu gato vagabundo
Era vesgo e de pai siamês

Mas o grande amigo foi Trovão
Não consigo descrevê-lo bem
Dá um aperto em meu coração
Toda vez que conto para alguém

Taquicárdico, Torquato, o pato
Acabou cozido na panela
Aquaboy em seu imenso aquário
Passava apuros com o Chicabum
A canarinha se chamava Bela
E o papagaio era Alain Delon

Mas o grande mesmo foi Trovão
Quando falo dói meu coração
Na garganta dá um nó também
Toda vez que conto para alguém
Caco Nemer
Enviado por Caco Nemer em 26/05/2005
Código do texto: T19843
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caco Nemer
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
69 textos (5020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:32)