Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INFÂNCIA REMANESCENTE

Bendita seja a natureza
Que criaste dentro do ventre
Da mulher “Mãe”
O ser que renascera a infância
E nele contidas as esperanças
De um dia poder bradar
Levar aos corações
Algo capaz de emocionar
Falar da infância
É fazer todos lembrar
De onde vieram surgir
Para nunca deixar de amar
Qual belo é o teu primeiro olhar!
Quando se depara com a claridade
Do teu Mundo Novo
E o deixa até assustado
Qual belo é o gosto que tu sentes
Ao saborear o leite materno
Que te imuniza das doenças
E te alimenta de amor.
Qual belo é o teu tocar
E se sentir acariciado pelos que
Te rodeiam e te aplaudem
Encantados com teus movimentos
Qual belo é o desejo do teu olhar
E já poder comunicar
Com aqueles que te falam
Com expressão de carinho
Qual belo é o teu balbuciar
Querendo dizer “Mamãe e Papai”
Fazendo todos orgulhosos
Pela escolha das tuas palavras
Qual belo é o teu tropeçar
Quando sentes que já é hora
De enfrentar as tuas próprias pernas
E já envaidecido coma conquista
Da tua primeira independência
Qual belo é saberes seguir
A caminhada da vida
Que a natureza te fez presente
E nela deixar renascer
A tua semente de “Infância”.
 
ALMA DA LUA
Enviado por ALMA DA LUA em 26/08/2005
Código do texto: T45432
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ALMA DA LUA
Praia Grande - São Paulo - Brasil
36 textos (4183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:48)