Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUM ATIRE U PAU NU GATU!

“ATIREI O PAU NO GATO-TO / MAS O GATO-TO / NÃO MORREU-REU-REU / DONA CHICA-CA / SE ADMIROU-SE-SE / DO BERRÔ, DO BERRÔ QUE O GATO DEU / MIAU!”

Não atire o pau no gatu
Isso é mardade
O gatu num morreu
Mais podia ficá alejadu

Dona Chica tome tentu!
Por quê se admirô
Cum berro qui u gatu deu?
É normá atirá o pau no gatu
E u gatu num morrê?

Coitadu intão du gatu
Ocê viu u seu berrô?
O bichinhu sofreu tantu
Cum a paulada qui levô

Intão mininus e mininas
Num atire o pau no gatu
Os bichinhu di istimação
Num se martrata não

Inventi otra brincadêra
Que seje mais feliz
Bichinhu di istimação
Si cuida cum carinhu
E muita sastifação

-----------------------------------------------------
Fiz uma comunidade no orkut, ondi só teim coisas da roça.
Se voismicê quisé: RECANTO DO CAIPIRINHA as portêra tão tudu aberta!

Cumpadre Caipirinha
Enviado por Cumpadre Caipirinha em 01/09/2007
Reeditado em 17/09/2007
Código do texto: T633227
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cumpadre Caipirinha
Brasília - Distrito Federal - Brasil
118 textos (10863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 04:32)
Cumpadre Caipirinha