Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a borboleta azul

sujei os dedos com a massinha
mas construí a menina
pobrezinha
que sei que é igual a mim
que não tenho jardim
mas brinco aqui na calçada
com a borboleta azul
que mesmo desconfiada
vem toda tarde me ver
e quando começa a chover
ela se vai e me diz
que eu sou muito feliz
e agora com a menininha
que ela vai conhecer
quando ela me vir
vou poder lhe dizer
que somos duas meninas
muito, muito felizes
porque temos uma calçada
para correr e brincar
e pra poder encontrar
borboletas azuis,
vermelhas e de muitas cores
quem sabe até os amores
que eles nos falam que existem
e que às vezes tão tristes
sem terem com quem conversar
não são mais felizes que eu
que tenho a minha menina
mesmo sendo de massinha


Rio, 12/10/2007
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 13/10/2007
Código do texto: T692237

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6776 textos (146869 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:42)