Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM E HOJE, CRIANÇA...





Falava mais com os olhos
que com a boca.
Entre tantos risos e cantigas,
meu olhar seguia a timidez.
Fui criança de alma madura!
A amiga quietinha, sempre eu buscava,
e devagar a timidez era quebrada;
os cacos, jogávamos ao alto,
felizes por quebrarmos,
o som do silêncio,
e a alegria então reinava...
Todos iguais, sendo tão especiais...
Hoje, minh’alma é de criança,
uma menina sapeca!
Sou mulher de alma jovem...

Izabel Dias
Enviado por Izabel Dias em 02/11/2007
Reeditado em 03/11/2007
Código do texto: T720923
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabel Dias
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil
377 textos (60667 leituras)
2 e-livros (1556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:53)
Izabel Dias