Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teus olhos...

Duas pérolas negras, tão doces, me fitam.
Olhares profundos num fitar penetrante.
Tão ternos, suaves, envolventes, me incitam,
Promessas de sonhos num bailado hesitante.

Proibido é sonhar com tais negras pérolas,
Ainda que remansos nos olhares me incitem.
Em duas conchinhas como alvas auréolas,
Tocá-las não devo... não posso... Acreditem!

Ousadia eu não tenho, o cuidado me tange.
Quisera tocá-las, beijá-las... Que me evitem!
Se insisto em tocá-las e o amor se constrange,
Tocá-las não devo... não posso... Acreditem!
José Antonio Siqueira
Enviado por José Antonio Siqueira em 10/03/2006
Código do texto: T121504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Antonio Siqueira
Itariri - São Paulo - Brasil, 67 anos
33 textos (1630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:08)
José Antonio Siqueira