Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças que o tempo apagou

Hoje acordei, angustiado, com uma expressão de infelicidade...
Minha face cansada de viver parecia perpetuar-se...
Eu já não mais vivia neste mundo, apenas meu corpo está presente.
Eu sonhava todos os dias como poderia ser, se estivéssemos juntos.

O caminho no qual percorri durante todo este tempo, já não mais  me lembrava.
O passado havia ficado, as recordações, estavam sendo apagadas dia – a – dia...
O tempo cuidava de tudo, o tempo sempre cuidou...
Aqueles minutos, todos aqueles que compartilhamos, tornariam –se horas, horas de sofrimento.

O tempo cuidou de apagar...
Todos os minutos de felicidade, todas as minhas lágrimas derramadas por ti, ele sempre cuidou.

O tempo cuidou de apagar...
Todas as vezes que sorrimos juntos, olhando para o nada, e sentindo –se bem por isto.

O tempo cuidou de apagar...
Todas as frases de amor ditas a você. O tempo sempre cuidou.

O tempo cuidou de mim quando me senti que a vida passava assim, lentamente, e todas as vezes que eu tinha vontade de partir e não o fiz. Ele sempre o fez.

O tempo cuidou de mim...
Todas as vezes que me sentei na calçada, com o olhar distante e vazio, buscando uma vida que nunca existiu.
Isso tempo não conseguiu apagar.

O tempo cuidou de mim.

Harlley Winter
Enviado por Harlley Winter em 03/04/2006
Reeditado em 22/04/2006
Código do texto: T132960

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Harlley Winter
Santo Antônio do Monte - Minas Gerais - Brasil
14 textos (4890 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:27)
Harlley Winter