Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RETROVISOR DO TEMPO

Abri os olhos, acordei e fui caminhar no tempo de infância...
De quando ainda era menina, de olhar brilhante, curioso da vida.

Trança comprida, franja na testa.
Laço de fita e saia rodada...pregueada!
Fardamento azul e branco engomado, bem passado.
E seguia para o Grupo Escolar...

Sapatos pretos, engraxados.
Cadarços rompidos, desfiados...
Vía-me às voltas a laçar!

Bruxa de pano era brinquedo, e toda menina possuía...
Pai, mãe, filhos...família completa se fazia.
E quando isso nos faltava, era demais...até doia!

Enfileirados, todos em forma, alunos fardados a cantar...
Hino Estadual.
Hino à Bandeira.
Hino Nacional.

Hora de reflexão:
Todos contritos...momento de oração.
Cabecinha baixa, juntos em prece...
Com Jesus, todos à rezar!

Aulas de português, história e latim...
Nossa, como era bom!
Mas quando era matemática...
Ai Deus, como era ruim!

Campainha à tocar, recreio no ar...
Lancheiras à mão, pão-doce e guaraná.
Todos correndo, no pátio à brincar.
Ah, que saudades...saudades que dá.
Revivendo lembranças no retrovisor à passar.
Da infância remota, mocidade distante.
Tudo tão somente agora à recordar...

O tempo passando tão rápido, quase parando.
Não quero mais relembrar das estradas percorridas
Nem dos caminhos que ainda hei de andar...

Quero contudo saber de como poder me livrar...
Da corrida contra o tempo, sem saber como parar.
Desse mutismo de dor, na velhice a me matar.
De toda essa saudade, vendo minha vida passar...
Laura Limeira
Enviado por Laura Limeira em 09/05/2006
Código do texto: T153354
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Limeira
Recife - Pernambuco - Brasil
62 textos (3169 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 04:57)
Laura Limeira