Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que restou?

De tudo que nos restou,restara apenas este poema
Restara a mágoa transcrita através deste versos
Nas folhas,no esto desta caneta incansável
Restara o escrever zangado,o olhar calado
O poema que mais parece interminável

Na cor das lembranças,restara o cinza morto
O preto pálido,restara o difunto amor
Nado-morto...
De tudo que nos restou,nada nos restara
Apenas a mim restou
Um coração que na desventura ainda pulsa,se bate
Que vulnerável,adoptado se fadigou da cunha

Restara este escrever cansado,nos muros,na rua
De tudo que nos restou
Me restou,nada ficou...

Junior Antonio
Enviado por Junior Antonio em 14/07/2006
Código do texto: T194082
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Antonio
Paracatu - Minas Gerais - Brasil
181 textos (8146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:53)
Junior Antonio