Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem me dera . . .

Quem me dera. . .
Quem me dera nesse dito popular
abstrair o meu profundo
e mais sincero saudosismo.
Quem me dera,
poder encontrar
todas as minhas incógnitas,
minhas angústias e frustrações.
Quem me dera,
num simples estalar de dedos
desbravar as respostas
que nunca tiveram sentidos.
Quem me dera
retroceder e continuar
todas as minhas purezas e ingenuidades.
Poder sentir o mundo
e castrar-me de sentimentos antagônicos.
Ah! Quem me dera. . .
Manoel Alfredo de Jesus Junior
Enviado por Manoel Alfredo de Jesus Junior em 14/07/2006
Código do texto: T194128
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Alfredo de Jesus Junior
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 36 anos
14 textos (854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:18)
Manoel Alfredo de Jesus Junior