Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passagens

Nem quero me lembrar
Do momento que se passa uma vez,
da dor que se sente à três
E do forte conselho recebido.

Não posso deixar de esquecer
Tudo que me faz infeliz
Que não me tirou a vida por um triz
E que me faz tão mal quando o recordo.

Nem sei se posso falar
Daquilo que um dia conquistei
E deixei escapar,falhei
E me faz falta momentaneamente.

Tão doce era a ingenuidade,
De chinelos a brincar pela rua
Se pudesse chegaria à lua
E me sentiria em estado de nirvana.
Era tão leve os meus pensamentos
E esses ainda se fazem no peito
Às vezes apenas de um jeito
Que só eu posso entender.
O cara que tudo vê
Enviado por O cara que tudo vê em 15/08/2006
Código do texto: T217246
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O cara que tudo vê
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 30 anos
16 textos (684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 03:56)
O cara que tudo vê