Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo Noturno

Admirando a beleza da lua e das estrelas
Estava viajando entre as névoas
Quando entre elas, vejo aquele ser de olhares tentadores
Vindo em minha direção

Era um sonho? - Não
Era muito mais que real
Sentir o toque daquele corpo junto ao meu
Era uma sensação inexplicável

Como eu queria
Que aquela noite fosse eterna
E que a linda criatura que vi, estivesse em meus braços por todo o tempo

Passaram-se dias, meses e ainda...
Neste mesmo lugar, contemplo a beleza noite
Meus olhos se perdem no horizonte,
Minha mãos frias, aquecem em lembrar de ti

Querido, desejo-te
Volta para este abismo que habita em mim
É por ti que passo noites em claro
Por ti, que lamento, o pouco tempo que tivemos

Te entreguei a minha vida
E a minha sina é não te ter
Por que tu não vens?
Por que a solidão é o meu carrasco?

Quero-te tanto, para mim
Que o desejo me consome
A loucura, me persegue
Os meus olhos enfurecem
E a morte chama-me lentamente

Querido anjo noturno, ainda te esperarei
Por longas noites
Entre névoas e trevas
Te esperarei.
MayaraS
Enviado por MayaraS em 13/09/2006
Reeditado em 30/01/2009
Código do texto: T239622

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MayaraS
Campina Grande - Paraíba - Brasil
94 textos (8225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:30)