Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confissão

Confissão

Gena Maria

Um dia, não sei explicar como...
Resolveste dizer adeus aos nossos sonhos
Desfazer nossa união, matando assim um amor que começava
a sentir bem fundas suas amarras!
Você olhou-me e indiferente me disse adeus!
Sofri, pensei até que não mais veria o sorrir de meus lábios!
Mas, um grande amor não morre e não pode morrer,
tão de repente!
... Foi pensando assim que procurei encontrá-lo
Olhar em seus olhos para me certificar
Se o teu amor ainda vivia!
E foi uma grande indiferença que encontrei neles!
Foi horrível vê-lo passar por mim
Sem ao menos notar minha tristeza e meu desespero!!!
E sua indiferença continuou.
Deu até a outras seus momentos, deixando-me só e amargurada!
E depois de tudo que sofri
Quando meu coração já estava conformado com esse sofrer
Você surgiu novamente para dizer, que é a mim que você ama!
Que é meu seu coração. Deveria estar feliz, mas não estou!
Tenho medo de sofrer outra vez... De sentir novamente,
depois de dar meu amor, aquela indiferença
que tanto me magoou!
Mas você voltou...! Parece mentira que ainda me quer,
E deseja saber se eu o amo ainda.
Sim o meu amor é seu...! Mas já não é como o de antes,
pois ele tem medo, muito medo...!
De te perder mais uma vez!!!

Marilia- SP

Caderninho de Musicas
Gena Maria
Enviado por Gena Maria em 30/06/2005
Código do texto: T29280
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gena Maria
Marília - São Paulo - Brasil, 70 anos
68 textos (10160 leituras)
6 e-livros (3518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:14)
Gena Maria