Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VINGHER PREVIU BEM O FIM TRÁGICO DA DONA DOS MEUS SONHOS DE COSTAS PARA UMA OBRA PRIMA DE RENOIR

     

            SUE CHEIRO ESTÁ IMPREGNADO AO MEU SER,
             LEMBRANÇAS SUAS ESTÃO A ME CORROER,
      ACREDITEI TER SEU CORPO PELAS LINHAS DE VINGHER
          ALERTA, AINDA VIVO E OFEGANTE QUERENDO DIZER.

 SÓ AGORA SEI O QUANTO FOI SINCERO MEU OLHAR EM DIAS QUÊ
           PASSAVAMOS HORAS SORRINDO SEM NADA DIZER
          POIS HÁ BAGUNÇA NA SALA ATÉ FICARMOS SEM AR
                 CAINDO LENTAMENTE NO VELHO SOFÁ.

              LEMBRANDO COISAS TRISTES ALEGRES TAMBÉM.
  COMO AS NUVENS DE LÃ GUIANDO NOSSOS PÉS DAQUI AO ALÉM
      ENQUANTO FUGIA DA VERDADE POIS ERA A MELHOR OPÇÃO,
         E O MEDO DE TUDO ERA PURA FALTA DE TODA RAZÃO.

                   HOJE CHOVE COMO TODO DIA DOIS.
              FINADOS TIVE TÃO TRISTE E VOÇÊ SE FOI
           TÃO RÁPIDO COMO HALLEY NO ÚLTIMO VERÃO,
     COM SUA CABELEIRA DE FOGO POR SOBRE ESTA MULTIDÃO.
 
    HOJE SOU MAIS UM LOUCO FRENTE A NOSSOS VELHOS AMIGOS.
          GUERREIROS DE LOUÇA MONTANDO GIGANTES DE SAL
                      CAVALEIRO ANDANTE FEITO DE VIDRO
                    FANTASMA SEM VIDA PAPEL DE JORNAL.






   
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 11/09/2007
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T648487

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11160 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 22:33)
DIEGO HUXLEY