Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA FONTE DOS ALHOS

dentro da inocência de criança crente,
dizia-lhe num beijo: como tu és bela.
era a minha amiga e fiel confidente
de todas a mais nobre, a mais singela.

contava-lhe os meus sonhos, os meus medos
daqueles pesadelos que me atormentavam
e sentia as verdes folhas serem dedos
que docemente me acariciavam!

sabia compreender como ninguém
a alma de uma criança assustada,
dizia-me no seu silêncio ser alguém
que precisava como eu,de ser amada.!

mas um dia triste e cinzento chegou,
aquela máquina que da terra arrancou
a sua vida. raíz, tronco, braços, dedos,
nada ficou. sómente os meus medos.


"in" Painel Multicor II vº
quatro folhas
Enviado por quatro folhas em 13/10/2007
Código do texto: T692432
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
quatro folhas
Portugal, 71 anos
63 textos (3199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 14:51)
quatro folhas