Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Academia

Corro
embalado,
sem descanso,
galopante
e arfando,
sem notar
que o "chão"
que se move
é uma esteira...

Sinto
que teus olhos
me vigiam
e as paredes
têm ouvidos,
sem contar
que me causam
claustrofobia...

Tirem
este peso
das mi'as costas:
não estão
minhas respostas,
dentro destes
esmagadores
halteres...

Suo,
me desmancho,
me derreto
almejando
resultados
enquanto
estipulo
novas marcas...
Valdir Júnior
Enviado por Valdir Júnior em 31/10/2007
Reeditado em 26/02/2013
Código do texto: T717564
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdir Júnior
Ribeirão das Neves - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
83 textos (1560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 20:41)