Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEMBRO-ME

Lembro-me, sempre, o nosso primeiro beijo,
do nosso desejo ingênuo e adolescente,
daqueles nossos receios em conselhos,
do seu olhar apaixonante e comovente.

Lembro-me dos seus dedos nos meus, presos,
de seu amor nas mãos falantes e contentes,
daquele charme em delicados anseios,
de sua boca impetuosamente quente.

Lembro-me do perfume seu em relevo,
de sua cintura pequena e envolvente,
daqueles seguros passos em cortejo,
os meus erros e seu ollhar complacente.

lembro-me as horas festejadas que almejo,
desse passado que presenteia a mente,
para viver com a memória em despejo,
do verdadeiro amor, agora, ausente.

Lembro-me em deixar os anos que revejo,
agradecer e guardar ardentemente,
no renitente coração, como acervo
e usá-los em novo amor como presente.
Naldo Coutinho
Enviado por Naldo Coutinho em 16/11/2005
Reeditado em 18/11/2005
Código do texto: T72226
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Coutinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (6976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:34)
Naldo Coutinho