Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recordo-te ...

Recordo-te terna e serena,
No olhar um brilho fugaz.
O sorriso na boca pequena,
Na alma um recanto de paz.

Eras tão meiga, tão bela!
Tal qual uma divina flor.
Na beleza de Cinderela,
Tu eras retrato do amor.

Colibri de jardins floridos,
Em pousos suaves, sutis,
Eras melodia aos ouvidos,
Cantavas, dançavas feliz.

Onde estão teus sonhos agora?
Onde estão, menina tão bela?
Olhe! Sinta! Tua alma aflora,
Lindos sonhos de Cinderela.
José Antonio Siqueira
Enviado por José Antonio Siqueira em 10/12/2005
Código do texto: T83480
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Antonio Siqueira
Itariri - São Paulo - Brasil, 67 anos
33 textos (1630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:00)
José Antonio Siqueira