Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÍNGUAS - A DETH HAAK - (Sussurros do Recanto - Erótica) - DUETO

Línguas

Língua quente e molhada, que percorre, ousada
Percurso sinuoso, ardente, essa via que fascina
Corpo de cor dourada, sabor acre na madrugada
Misto de sal, amêndoa, café, especiaria rara e fina

Língua que terna e confiante se enrola em redor
Em doces e loucos toques que se vão intensificar
Para o paraíso vai arrebatar, com paixão e furor
Sedenta de licor, faminta de doçura e desejo saciar

Língua que em palavras ternas, plenas de carinho
Tons afectuosos, confiantes, conquistam os amantes
Demonstrando teu cuidado, tua amizade, o caminho
Para afagos, ternura, e essas inflexões acariciantes

Língua de Camões, estrofes heróicas eternas, imortais
Idioma de nossos egrégios avoengos, que mundo afora
A espalharam cantando, rezando, morrendo e amando
Com mistura de mel no país irmão, é falada ainda agora

Em meigas inflexões de tons doces e plenos de ternura
Que ora relaxam, enlevam, acalmam, ou exalam calor
Língua de poetas, que em suaves poemas dão a doçura
De palavras de sonhos, afectos, emoção, lendas e amor
 
Mas que dizer daqueles povos remotos, iletrados, ignotos
Que em sons de línguas estaladas se comunicam tão bem
Com a natureza aprenderam, com aves, vimos suas fotos
Em compêndios, filmes, na televisão, como nos convém

E ficamos a recordar os ensinamentos dos Livros sagrados
Quando Jesus disse: "Ide, falai e ensinai a todos os povos"
Nobre missão que deu a seus fiéis discípulos tão amados
E para a cumprir, deu o dom das línguas, e os fez renovos

E mais se poderia dizer, das línguas, esse órgão pontudo
Essa porção de terra que adentra uma baía, um rio, o mar
Mas como num simples poema, não cabe dizer ora tudo,
Já vai extenso, por isso o vou por aqui, agora já, finalizar.

Arlete Piedade - Fada das Letras
19/01/2006


Sutilezas... Á língua


Abençoados sejam os que, bom uso fazem
De ti...As que percorrem os dorsos que alimentam,
Gostos sorvem gozos saboreiam vinhos,
Cursam esconderijos...

Línguas... Que margeiam corpos causando
Delírios desvairam... Bem ditas sejam!
Que na languidez abrangente, elevam libido
Ao te imaginarem...

Lascivas ó línguas! Não absolverão esse considerar,
Temperam misericórdias, não cessem jamais o viandar.
Á água não expurga língua que tributo, despautério
No meu declamar, cama areia monte ou no mar.

Línguas...Que empenham fendas devassando caminhos,
Na sede de amar. Provocando sussurros localizam
Os rumos no linguajar...Bem-Te-digo línguas.

Sutis... Caricias encontrando lábios
Desaguando flúmen em tórridos solos, perfurando
Poço ou em grutas profundas, a língua que verso.
Acordes das notas musicadas no toque. Por ti, ajoelham e rezam...

Línguas... Escutai a oração, se ao deixar,
Esse mundo, para ele retornar que seja com a sua,
Sonoridade poética revelada, adulada harmonicamente,
Revogada em línguas o orbe e em desatino a mente.Línguas...


DETH HAAK
20/07/2005

Pegando na ideia-convite-desafio da nossa querida Deth proponho uma Ciranda sobre este tema, ficando desde já assegurada a sua publicação no site "O Dono da Loja" - http://www.ferool.info
poderão enviar para o meu email: fadadasletras@yahoo.com.br, que a todas darei o devido seguimento. Poderão participar com mais que um texto e convidar os vossos amigos poetas que desejarem participar. Irei publicar este convite no Mural e em grupos do msn que participo, bem como pelos meus contactos. Saudações poéticas

Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 19/01/2006
Código do texto: T101127

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 60 anos
243 textos (32145 leituras)
3 áudios (178 audições)
5 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:06)
Fada das Letras