Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dogmas

Sempre fui andarilho
nas prisões de meu ser
revolto, maneira franca de ver.

Embora sinta incoerências,
vagueio retorcido por esquemas.

Sutil palavra soada em prosa
enquanto a poesia fica esquecida.

Tanta confusão para, simplesmente,
dizer: estou vivo e sou pensante
contravertido as vezes irracional
no amplo sentido do sentimento.

Acalmado por forças exteriores
por facções dogmatizadas,
mesmo assim rejeito meio sem jeito
por falta de amparo, mas
sigo na trilha do meu ser!



(Direitos autorais reservados)


Nica Barros
Enviado por Nica Barros em 12/02/2006
Código do texto: T111020
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nica Barros
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
57 textos (7287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:36)
Nica Barros