Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema da Criação

"Antes de Tudo, havia o Vazio
E o Vazio não era Nada
Mas ocupava Tudo
E era Tudo

Casal do Vazio, era o Tempo
Pois sempre existiu
Correndo por fora do Vazio
Regendo o Nada e o Tudo

Havia o Branco, que não era Nada
A não ser o Puro Vazio
Que era Tudo
E ocupava Tudo
Mas não era Nada

O Tempo mudou
E o Vazio foi preenchido
E Nem Tudo era Nada
E Valf foi criado

Valf, Filho do Nada
Nasceu do Tempo
Preencheu o Vazio
E criou o Tudo

Valf, Filho do Nada
Também era Vazio
E era sozinho
E descobriu a Solidão

Mas pensava
E seu pensamento era Tudo
Mas também não era Nada
Pois não havia Nada em que pensar

Ele sonhava
E seus sonhos não eram Nada
Eram Vazios
Eram Tudo

E assim, Valf nasceu
E disse, com seu pensamento (que Nada era):
- Que do Vazio, Tudo se faça!"
Bruno Portella
Enviado por Bruno Portella em 14/05/2006
Reeditado em 17/05/2006
Código do texto: T155731
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Portella
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
15 textos (1705 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:10)
Bruno Portella