Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tecelã

Tecerei todos os meus amores
no xale de linhas
seda enroscando seda
um por um tricotados
pelo feitiço fêmea.

O xale nas costas
as lembranças, retratos
nas caixas de papelão.

Passarei como Cora
pela ponte de fios de cabelos, brancos
sobre abismo de fogo
com meus amores, tantos
minhas pegadas de tecelã.

As dores, nós e tramas
tocarão os sinos do cansaço
onde desfaço acordes, ilusões.

Descansarei, então
nos abraços do tempo
último crepúsculo, pó
tecendo sementes
com o vento.
Ana Albuquerque
Enviado por Ana Albuquerque em 17/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T157912

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Albuquerque). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Albuquerque
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
4 textos (190 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:58)
Ana Albuquerque