Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E ela, desapareceu

Ela tinha olhos pretos
Olhos pretos que no fundo continha uma poça
Uma poça de lagrimas.
     Quando alguém perguntava
Ela dizia que não era nada
     Quando alguém gritava
Ela chorava.
     Quando alguém se assustava
Ela se irritava.
     
     Ela tinha medo de aceitar
O medo que ela tinha.
Medo de não pertencer a esse mundo.
     
      Os olhos pretos profundos cresciam.
Cresciam até ser do tamanho do rosto
Fazendo a boca,nariz, bochecha e testa desaparecerem.
    Ela chorava, derramando água desse poço tão sagrado
O poço ia desaparecendo
Os olhos iaô se umedecendo
   
   Quando eu vi já era tarde demais
O rosto dela estava nu
   Não continha nada além de pele
Pele macia, escura e úmida.
   Depois, as pernas e braços sumiram
Com eles o corpo todo.
   
   Não restava mais nada
Alem de uma vazia lembrança.
   De uma lembrança que lembrava
Uma jovem que desaparecera.

   Alguns dizem que ela queria desaparecer
Outros que ela queria se libertar
Mas outros dizem que ela não tinha que querer nada
   Pois o destino dela estava traçado
Ela ia desaparecer

E ela, desapareceu.
Matilde GCB
Enviado por Matilde GCB em 22/05/2006
Código do texto: T160793
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Matilde GCB
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
28 textos (2404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:23)
Matilde GCB