Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ta(r)dinha

O dia anoiteceu,
E a minh'alma dá o último suspiro,
e dá adeus ao sol
e em retiro
adeus à alegria.

Hora de deitar
se despe e vai em vão,
despe a alegria,
veste a solidão.

Não sente sono,
não tem alento,
nada em que sinta
contentamento.

Minh'alma anoiteceu.
O dia dá o último suspiro,
dá adeus o sol,
e eu em agonia dou-me-adeus
e expiro.
Júlia Carrilho Lisieux
Enviado por Júlia Carrilho Lisieux em 29/05/2006
Reeditado em 30/07/2008
Código do texto: T165489

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Júlia Carrilho Lisieux
Brasília - Distrito Federal - Brasil
33 textos (2081 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:35)
Júlia Carrilho Lisieux