Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inveja

Inveja! És um grande mal,
Que a toda hora,
Ages como arma letal,
Matando por dentro e por fora.

Maldita! Não é difícil verte
Nos olhos de quem te tem
Quando crias um baluarte
Na vida de alguém.

Dói,
Desarmoniza,
Corrói,
Inferniza.

A melhor forma de combater
Essa Maldita que não tem dó
É com a reza que me fez conhecer
A minha finada avó:

“ Com a força de Sr. Sansão,
Que na sua vida material,
Amansava touro, tigre e leão,
Afasta de mim esse mal
Devorador de almas e sem compaixão”.

Ah! Antes que eu esqueça,
Arranje dois galhos de arruda,
Passe-os em círculos pela cabeça,
E relaxe, lendo uma poesia do Neruda.
EMERSON DANDA
Enviado por EMERSON DANDA em 21/07/2006
Reeditado em 21/04/2009
Código do texto: T199013
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMERSON DANDA
Toritama - Pernambuco - Brasil, 52 anos
100 textos (76634 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:23)
EMERSON DANDA