Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ultimas tragadas

E agora que da vida dou as ultimas tragadas
Posso sentir a escuridao  que me congela e destroe!

O violao e os risos ja nao cantam mais
Os beijos se misturaram com sangue.

A fumaca muda se despede lentamente

O vinho surdo escuta minhas ultimas lamentacoes

E as mulheres insenciveis me acolhem e me dao amor!

Quanto tempo perdido esse que agente nao viveu..
Quanto tempo perdido esse que na morte vou viver...

Saudades
Dorian Gray
Enviado por Dorian Gray em 07/06/2005
Código do texto: T22778
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dorian Gray
São Luís - Maranhão - Brasil, 329 anos
5 textos (312 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:03)
Dorian Gray