Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pássaro da gaveta

abri-a
ali estava ele
resistiu ao tempo
ao meu desprezo
porém não voava
não cantava
mas era o meu pássaro

toquei-o
senti suas penas

tomei-o nas mãos e
deixei-o junto ao meu peito

aqueci-o e fiz-lhe sentir que
eu respirava

meu pássaro foi revivendo
e como num toque de mágica
ele voou

deixei-o voar por entre o quarto...

mal tive tempo de abrir-lhe as portas
ele rompeu as paredes e voou

escancarei a janela
para vislumbrar seu vôo
e ele voava
alcançava o céu!

virei-me e
olhei a gaveta

fechei-a para sempre

e o meu pássaro?
voa por todos os lugares
por todas as eras
nas asas da imaginação
Flor Anaízes
Enviado por Flor Anaízes em 18/09/2006
Código do texto: T243319
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flor Anaízes
Paranaguá - Paraná - Brasil, 43 anos
1 textos (41 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:47)
Flor Anaízes