Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÓS-ADOLESCÊNCIA III (Mar Vermelho)

Da minha janela
enxergo um grande mar
calmo e onipresente
que me chama pra mergulhar
em sua água salgada e quente.

E me ponho em dúvida
se devo, se posso...
-  se quero  -
nele estar.

Não posso acreditar
que nele haja serpentes vorazes,
Maremotos fatais
ou monstros inimagináveis.
Mas posso supor...

Então me ponho a pensar
no calor daquela água
na beleza dos seus peixes
na luz difusa em mil feixes
numa paz doce e vaga.

E, quando tomo minha decisão
-  que nem mesmo sei qual é  -
tiro minha roupa,
desnudo meu pé
e vou ao encontro deste mar
dar-lhe a resposta de seu convite.
Mas, acredite,
só encontro uma areia
fofa e úmida
e uma imensidão
-  um vazio  -
imensurável.

Inacreditável !

Nunca saberei o que havia
em suas águas
porque, enquanto minha alma
se calou
meu mar
secou.
Marcelo Lopes
Enviado por Marcelo Lopes em 14/06/2005
Reeditado em 14/06/2005
Código do texto: T24606
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Lopes
Guarujá - São Paulo - Brasil, 47 anos
475 textos (44349 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:44)
Marcelo Lopes