Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O GALO


«Un gallo/cantò; altri risposero qua e lá.»
Umberto Saba



Um galo
cantou e outro respondeu
que está lá
no seu posto móvel
no vento
qualquer coisa negra
começa a desfazer-se
em claridade, a noite
repassa a outras latitudes
qualquer coisa começa
a restaurar-se nas janelas
as casas respondem
outros animais
retomam nos quintais
a domesticada vida
numa repetição sem tédio
nem delícia, um galo
avançou com a rotina
em todo o seu canto
que procede
do silêncio.
João Tomaz Parreira
Enviado por João Tomaz Parreira em 28/01/2005
Código do texto: T2699
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Tomaz Parreira
Portugal, 69 anos
14 textos (761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:22)
João Tomaz Parreira