Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Incerto

Palavras devaneios
Muralhas por um meio
Eis que estou onde deveria estar
Mas nada há em qualquer outro lugar
Formosidades de meninas
Calores juvenis
Tão certo de certa magia
Tão pura vida, sofrida, bem feliz
Cantar aos ventos
Rir sem parar
festejar o dia
Que tão belo dia.
Zaquiel Solon
Enviado por Zaquiel Solon em 19/10/2005
Código do texto: T61266
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zaquiel Solon
Macapá - Amapá - Brasil, 35 anos
25 textos (1399 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:17)
Zaquiel Solon